Blockchain


Os novos conceitos, ferramentas e recursos digitais, frutos do avanço tecnológico contínuo da atualidade, geram inovações em todos os setores da sociedade, principalmente no mundo dos negócios.

No âmbito da moeda virtual Bitcoin, uma dessas inovações que está crescendo no mundo inteiro é o Blockchain, uma tecnologia desenvolvida em formato de cadeia de blocos de código que envolve o registro das operações para aplicações transacionais com confiança, eficiência e simplicidade.

O Blockchain inova ao tornar o registro público e anônimo, no qual todos podem participar, tornando-o mais confiável, uma vez que as pessoas não precisam se basear só na imagem e no nome de um banco para ter certeza de que não haveria nenhuma alteração nos registros (saldos e transações da conta).

 

Nessa tecnologia cada transação é digitalmente assinada com o objetivo de garantir sua autenticidade e garantir que ninguém a adultere, de forma que o próprio registro e as transações existentes dentro dele sejam considerados de alta integridade. Trata-se, portanto, de uma espécie de livro-razão público que guarda a lista de quem possui um ativo (seja ele uma moeda, ações, imóveis ou qualquer outro bem) e as transações realizadas.

 

“É como se a transação fosse realizada em uma mesa de reuniões. Cada parte se manifesta e as “testemunhas” confirmam o negócio, sem intermediários”.

 (Marcelo Frontini, diretor do departamento de pesquisa e desenvolvimento do Bradesco).

 

As transações realizadas são registradas de forma irreversível, em uma relação direta com o tempo, ou seja, quanto mais antigo o bloco, mais impraticável a reversão das operações, diminuindo drasticamente as possibilidades de fraudes à medida que o tempo passa.

 

As principais vantagens do Blockchain são:

  • Registro em ordem cronológica de todas as transações ocorridas na rede;
  • Compilação e validação das informações pelos próprios participantes;
  • Sistema público, exclusivo, replicado e compartilhado pelos usuários;
  • Manutenção e atualização acontecem de forma voluntária e descentralizada;
  • Maior independência, segurança e agilidade nas operações e transmissão das informações, já que não há necessidade da existência de um “terceiro de confiança”;
  • Redução dos custos de transação no setor financeiro;
  • Sistema de pagamento otimizado, com tempo de liquidação acelerado;
  • Maior transparência nos serviços.

Consulte um especialista

Com as suas informações, a MPE poderá pensar em soluções
perfeitas para sua empresa.

Alguns de nossos clientes