Como inserir a Inteligência Artificial no seu negócio?


A Inteligência artificial é uma das principais inovações na indústria 4.0 e a sua projeção de crescimento só aumenta de acordo com as tendências apontadas para os próximos anos. Para o melhor entendimento do que é a Inteligência Artificial e como ela se aplica em diversas áreas, em especial na área dos negócios, diversos autores conceituaram a definição de Inteligência Artificial.

O conceito de Inteligência Artificial para Dora Kaufman refere-se a uma área de conhecimento que engloba a linguagem e a inteligência, aprendizagem e a resolução de problemas por meio da interação entre homem e máquina como dois seres diferentes conectados (homem-aplicativos, homem-algoritmos de IA).

De acordo com John McCarthy, a Inteligência artificial define-se como a ciência e engenharia de produzir máquinas inteligentes, principalmente os programas de computador com inteligência. Assim, surgiu a área de Inteligência Artificial com o foco no desenvolvimento de máquinas na solução de problemas que só eram resolvidos pela mente humana.

Os avanços tecnológicos da Inteligência Artificial provocaram mudanças de como as pessoas percebem e utilizam a tecnologia presente no âmbito digital (internet das coisas, blockchain e plataformas digitais), no ambiente físico (veículos autônomos, o avanço da robótica) e no campo biológico (manipulação genética).

Com a evolução da Inteligência Artificial, surge o Machine Learning (ML), que configura a aprendizagem computacional sem programação, estudando e construindo algoritmos que seguem as instruções para prever ou decidir os dados elaborados a partir da inserção de amostras.

O Deep Learning (Aprendizado Profundo) tem a habilidade de transformar grandes volumes de dados em informação relevante.

Segundo as principais tendências que aparecem no ciclo de Hype do Gartner para as tecnologias emergentes para 2019, destacam-se:

  • Detecção e mobilidade: essa tendência diz respeito a mobilidade na manipulação de objetos, incluindo câmeras com detecção 3D e direção autônoma. Os robôs autônomos, como os drones, vão ser capazes de realizar entregas de cargas leves (voando e com rodas). A tecnologia de detecção auxiliará a Internet das Coisas (IoT) na coleta de volumes de dados, gerando insights que vão ser úteis em diversos cenários e setores;
  • Ecossistemas digitais: os ecossistemas digitais são conexões parecidas com a Web entre empresas, pessoas e coisas que compartilham uma plataforma digital. Esses ecossistemas desenvolvidos possibilitam conexões dinâmicas e mais eficientes em diversas regiões e indústrias. A estimativa para o futuro é que as organizações autônomas descentralizadas (DAOs) serão incluídas nesses ecossistemas com sua operação independente de seres humanos e dependente de contratos inteligentes. Os ecossistemas digitais atuam por meio de DigitalOps, gráficos de conhecimento, dados sintéticos e Web descentralizada, trazendo produtos novos e oportunidades;
  • IA e análises avançadas: a análise avançada usa o exame autônomo ou semi-autônomo de dados e conteúdo por meio de ferramentas aprimoradas além das informações tradicionais de negócios. A análise avançada permite insights, previsões e recomendações mais profundas por meio do aprendizado de máquina adaptável, IA de borda, análise de borda, IA explicável, PaaS de IA, redes adversárias generativas e análise de gráficos.

De acordo com o relatório da IDC Brasil, o Brasil  prevê que os investimentos em IA e machine learning para segurança devam chegar a US$ 671 milhões devido a prevenção de ataques de ransomware e a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) prevista para entrar em vigor em agosto de 2020.

O percentual de empresas brasileiras pequenas e médias que contam com a Inteligência Artificial é de 15,3% com projeção de dobrar nos próximos quatro anos. A previsão para 2022 é que o uso da Inteligência Artificial nas empresas alcance 20% com as tecnologias de voz na interação com os clientes, em 2024, as interfaces de Inteligência Artificial e automação de processos vão substituir um terço das interfaces de tela dos aplicativos.

 

Aplicações de Inteligência Artificial nas organizações

As aplicações dessa tecnologia nos negócios trazem soluções desde as ações estratégicas até as operacionais, veja a seguir:

  • Recomendações de produtos: os scanners 3D  identificam o perfil do consumidor e recomendam os produtos que o cliente deseja comprar, mesmo que ele não tenha solicitado isso. Existem opções de soluções que escaneiam o corpo do consumidor e analisam as melhores  opções de vestuário;
  • Divulgação de produtos: as soluções IA identificam o interesse do consumidor em um produto específico e produz ações de marketing que divulgam o produto pesquisado em outros sites em que o consumidor navega;
  •  Recrutamento e seleção: por meio de uma assistente virtual é feita a análise profunda dos candidatos a uma vaga específica e identifica aquele que mais atende aos requisitos da vaga ofertada;
  • Atendimento ao cliente: os chatbots são assistentes de vendas automatizados que se comunicam com o cliente, utilizando a linguagem em formato de texto ou via telefone de maneira pré-programada. São capazes de compreender o contato, interpretar e  adaptar a comunicação, reproduzindo o comportamento humano. Reconhecem dados como nomes, números de telefones e etc.

Vantagens

A análise preditiva na Inteligência Artificial engloba uma variedade de técnicas estatísticas de mineração de dados, modelagem preditiva e aprendizado de máquina, que analisam fatos atuais e históricos para fazer previsões sobre eventos futuros ou desconhecidos.

Os dados coletados pela IA sobre os clientes são organizados e auxiliam na elaboração de padrões de comportamento entre as características semelhantes dos clientes para oferecê-los sugestões, como ocorre nas recomendações de livros e filmes das empresas Amazon e Netflix.

As soluções de IA em segurança protegem a rede, usuários e aplicações, toda vez que uma ameaça é identificada, ela é mapeada por essa inteligência,  as soluções de IA analisam os ataques que foram bem-sucedidos e criam uma base de ações para prevenir novas ameaças contra a segurança.

Com a Inteligência Artificial os diagnósticos são frequentes e facilitam a identificação de soluções. As tomadas de decisões são mais assertivas devido ao alto grau de confiabilidade que as soluções de Inteligência Artificial oferecem. As atividades operacionais das empresas são executadas de forma simples, automatizando os processos e reduzem os custos na geração de previsões.

Encontre soluções de Inteligência Artificial na MPE Soluções para a agilidade no desempenho, previsão e tomada de decisão mais segura no seu negócio. Fale com um dos nossos especialistas.

Com as suas informações, a MPE poderá pensar em soluções
perfeitas para sua empresa.

Alguns de nossos clientes