HPE Sem categoria

A era exascale chegou: a maneira de enfrentar os desafios não será a mesma

Você sabe o que um supercomputador é capaz de fazer? A computação de alto desempenho (HPC – High Performance Computing) tem uma capacidade extremamente superior de processamento de dados e memória. 

Devido a sua performance, a HPC geralmente lida com dados complexos, por isso ela é utilizada no desenvolvimento de pesquisas científicas em diversas áreas, como também na investigação de doenças e descoberta de novos medicamentos com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos pacientes por meio de diagnósticos precisos e tratamentos adequados.

Segundo o artigo “Aí vem a exascale e está prestes a mudar tudo” da HPE o departamento de energia dos Estados Unidos pretende lançar três sistemas exascale nos próximos três anos. Os sistemas vão contar com os supercomputadores HPE Cray, os quais são capazes de executar 10 a 18 operações por segundo (OPS).

Com a computação de alto desempenho, os problemas são resolvidos em velocidades jamais vistas para lidar com cargas de trabalho extremamente complexas além da simulação, Inteligência Artificial e análise.

A nova era da computação é marcada pelos supercomputadores HPE Cray com inovações de hardware e software em casos de aumento no número de núcleos, nós de computação e a IA em escala.

Para saber mais sobre o poder da supercomputação, você precisa conhecer a categoria de HPC da HPE:

Supercomputadores HPE Cray

O Cray da HPE oferece uma infraestrutura com uma configuração de rack padrão de 19 polegadas. A plataforma de computação é o sistema Apollo 2000 Gen10 Plus com 4 nós AMD® EPYC® 7002 em um servidor de computação 2U com software HPE Cray e rede HPE Slingshot já instalados.

O aumento da densidade e eficiência é responsabilidade do gabinete resfriado por líquido HPE Cray EX que aguenta o resfriamento líquido dos componentes em uma configuração de blade de alta densidade. Além dos oito chassis, e cada um deles  suporta até computadores e oito blades de switch. É possível ter uma conexão sem cabos por causa da orientação ortogonal  de computação para blades.

Os gabinetes  suportam os processadores de 500 W e configurações densas de até 512 processadores por gabinete. O switch de 64 portas oferece  12,9 Tb/s de largura de banda, onde cada porta opera a 200 Gb/s por direção e permite uma borda Ethernet ou uma funcionalidade de malhas de HPC. As portas de borda conectam-se à NIC Ethernet compatível ou a roteiros externos de 100 GbE ou 200 GbE.

Não podemos esquecer da importância dos sistemas, o HPE SGI 8600 é um sistema de computador em cluster de alta densidade, resfriado por líquido, com base em bandeja, escalonável e elaborado para que as cargas de trabalho complexas de HPC sejam executadas em velocidades de petaflop.

As facilidades de gerenciamento do HPE SGI 8600 são resultado do ecossistema de software amplo da HPE e terceiros – software de sistema a ferramentas de desenvolvimento de software e aplicativos.

O HPE Performance Cluster Manager  é um software de gerenciamento de cluster integrado que dispõe de todas as aplicações necessárias para o gerenciamento do seu cluster sem nenhuma dificuldade, cotidianamente, diminuindo o tempo dedicado à administração do sistema bem como a redução do TCO.

A rede de alto desempenho para supercomputadores HPE Slingshot  é compatível com Ethernet, possibilita a execução das cargas de trabalho convergentes e semelhantes à nuvem no ambiente de supercomputação.

Velocidade não é um problema para o HPE Slingshot, que suporta velocidades de link de 200 Gb/s com uma performance de 1,2 bilhão de pacotes por segundo por porta, oferecendo taxas altas de pacote em IP, mensagens e ainda o acesso remoto à memória.

As conexões estão cada vez mais interligadas, assim, os aplicativos executados em supercomputadores HPE Cray conseguem trocar tráfego IP Ethernet diretamente com o ambiente externo, facilitando a inserção de dados das fontes externas.

Com o HPE Slingshot você tem a junção de HPC, nuvem e data center, pois sabemos que não é possível apenas escolher entre uma carga de trabalho e outra. As demandas exigem cargas de trabalho mistas e para operar elas os sistemas precisam lidar com simulações, análises e Inteligência Artificial ao mesmo tempo, tudo em velocidade exascale.

Quer saber mais sobre o mundo da supercomputação? Entre em contato com os especialistas da MPE Soluções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *